Informação sobre raiva, causas, sintomas e tratamento da raiva, identificando seu diagnóstico e as formas de transmissão, abordando a raiva em diversos animais, como o cão e contribuindo com dicas para irradicação deste problema de saúde.


terça-feira, 18 de setembro de 2012

Modo de transmissão da raiva

A forma de transmissão da raiva mais comum é pela deposição da saliva, contendo vírus rábico, na pele ou na mucosa. O animal raivoso pode introduzir o vírus em animais saudáveis ou em seres humanos por mordedura, arranhadura ou lambedura de pele, com solução de continuidade ou de mucosa íntegra. Outras formas de transmissão são raras, como a inalação de vírus, ocorrida em pessoas que entraram em cavernas densamente povoadas por morcegos infectados ou acidentalmente em laboratório.
A transmissão inter-humana é possível pelo contato direto com o doente ou suas secreções. Há casos em que pessoas submetidas ao transplante de córnea faleceram de raiva, pois se desconhecia que era essa doença a “causa mortis” dos doadores.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL