Informação sobre raiva, causas, sintomas e tratamento da raiva, identificando seu diagnóstico e as formas de transmissão, abordando a raiva em diversos animais, como o cão e contribuindo com dicas para irradicação deste problema de saúde.


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Sintomas da Raiva Furiosa canina

Raiva Furiosa ocorre um período prodrômico que dura cerca de dois dias. Nesse período, o animal apresenta-se inquieto, com discreta ou aparente mudança de hábitos. Não atende ao chamado do dono, esconde-se e apresenta hiporexia à anorexia. Após esse período o animal apresenta-se agressivo podendo atacar outros animais, o homem ou qualquer coisa que se movimente. Isso acontece, porque ocorre a infecção do sistema límbico que é responsável pelo comportamento. Além da agressividade, o animal começa a caçar moscas imaginárias (botes e mordidas no ar); apresentam latido bitonal ou uivam tristemente; apresentam hidrofobia e sialorréia, devido à paralisia do nervo faríngeorecorrente; podem apresentar “delírio ambulatório” ou caminham sem rumo sempre em frente, sem se distrair e sem olhar para os lados, porém se é interrompido agride. A deambulação progride por cerca de dois dias e, o animal, pode ou não voltar para casa.
Outros sinais clínicos desta fase, como intensificação da sensibilidade a estímulos luminosos, sonoros e aéreos; paralisia que se inicia nos membros pélvicos, impossibilitando uma marcha reta, e que evolui posteriormente para outros músculos.
Ocasionalmente pode ocorrer febre, e a paralisia é aguda, progressiva e flácida, podendo ocorrer comprometimento dos nervos lombares e sacrais ocasionando constipação, tenesmo, parafimose em machos e gotejamento de urina.
A morte ocorre por paralisia da musculatura respiratória e do diafragma, e ocasionalmente pode ocorrer morte súbita do animal. Os animais podem apresentar períodos de paralisia intercalados com os de agressividade. Além disso, nos dois a três primeiros dias podem parecer estar melhores, inclusive com o desaparecimento dos sintomas e depois voltam a ficar agressivos. Geralmente não defecam durante os três ou mais dias do período patente. Pode ocorrer estrabismo convergente ou divergente, ou de um olho só.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL