Informação sobre raiva, causas, sintomas e tratamento da raiva, identificando seu diagnóstico e as formas de transmissão, abordando a raiva em diversos animais, como o cão e contribuindo com dicas para irradicação deste problema de saúde.


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Sintomas de Raiva Paralítica canina

O período prodrômico desta fase costuma ser de um a dois dias. Nesse período os animais não querem locomover-se, apresentam hiporexia à anorexia e parecem diminuir o consumo de água. Mantém-se parados ou deitados somente se locomovendo se estimulados.
Existem relatos de que nessa fase os animais procuram locais escuros, tem sinais breves ou inexistentes de agressividade e ocorre paralisia.
Essa forma pode se iniciar com mudança de hábitos e marcha anormal e após um a dois dias ocorre paralisia, iniciando-se pelos membros pélvicos ou mandíbula. Segundo alguns autores a possibilidade da ocorrência da paralisia dos MTs antes da ocorrência da paralisia nos membros pélvicos ou mandíbula é incomum, porém pode ocorrer paralisia mandibular como primeiro sinal. O animal apresenta latido bitonal, se ainda conseguir latir; não consegue se alimentar e nem beber devido à paralisia mandibular e lingual.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL